Windows Live Messenger + Facebook

sexta-feira, 18 de novembro de 2011

São João de Meriti lança o Comitê Técnico de Saúde da População Negra

“O Comitê, criado por meio de decreto, é de grande importância na transversalidade de políticas públicas quanto a promoção da igualdade racial. Somos o terceiro município a implantar essa política, que está sendo capilarizada em todo o Brasil, a fim de incluir na saúde as especificidades da população negra”, disse a secretária de Assuntos Institucionais, Leila Regina Silva Soares.
A Superintendência de Políticas de Promoção da Igualdade Racial de São João de Meriti (Suppir Meriti), que integra a Secretaria Municipal de Assuntos Institucionais, irá gerir o comitê. Ele deverá articular e subsidiar a formulação, a implantação e o monitoramento de programas, projetos e ações referente à saúde integral da população negra no município.
“O Comitê irá acompanhar as ações de saúde e propor programas relacionados as especificidades da população negra. É um trabalho contra o racismo institucional”, ressaltou o superintendente da Suppir Meriti, Williann Lyra.
O secretário municipal de Saúde, Iranildo Campos Junior, se colocou a disposição do Comitê para dar todo suporte necessário para que novos programas sejam implementados no que tange a promoção da igualdade racial na saúde. “Nossa política de saúde pública tem como princípio tratar com respeito e dignidade a população”, pontuou Junior.
O Comitê está composto pelas seguintes instituições: Amojam – Associação de Moradores do Jardim Metrópolis; Amalyra – Associação Martiliano Manoel Lyra; Pastoral da Criança; Comira – Conselho Municipal da Igualdade Racial; Suppir Meriti; CMS – Conselho Municipal de Saúde; Semus – Secretaria Municipal de Saúde; Assessoria de Promoção da Saúde; Superintendência de Vigilância em Saúde; e Programa DST/AIDS.
A Política Nacional de Saúde Integral da População Negra tem como propósito garantir maior grau de equidade no que tange à efetivação do direito humano à saúde, em seus aspectos de promoção, prevenção, atenção, tratamento e recuperação de doenças e agravos transmissíveis e não-transmissíveis, incluindo aqueles de maior prevalência nesse segmento populacional. Esteve presente ao lançamento o deputado estadual, Iranildo Campos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário